quarta-feira, 13 de outubro de 2010

REFLEXÃO

Um mundo triste
Que o homem assim quis
Desde o principio de tudo,
Passo a passo, no compasso,
Da construção elementar da vida
Criou para si o poder absolutista.
Da paz, criou a guerra,
Do amor, criou o ódio
O pobre, criou a esperança
O rico, a ganância.
Homens, ricos ou pobres
Correndo, brigando, buscando
O PODER
O homem banalizou tudo nesse planeta
O amor virou brincadeira
Famílias esfaceladas
Jovens perdidos, sem entender nada.
Pessoas perdendo suas identidades, enquanto pessoas.
O mundo sem rumo,
Jogado nas trevas, nas drogas, na violência...
Mundo, cenário atual de grandes tragédias
palco de guerras,
Terra banhada de sangue,
Terra assolada na dor,
Terra morada sem teto,
Jogada no vento.
Gritando socorro.
Natureza queimada, cansada
Destruída por mãos de ferro, mas
Que responde feroz a insensatez do homem
E o que se vê nos canais de comunicação, são;
Notícias, notícias....
O mundo agoniza
No CTI da destruição
Da moral, valores invertidos.
Um mundo triste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário