quinta-feira, 31 de outubro de 2013

NA TELA DA MINHA JANELA - TEM

Perdi o sono..... ai Madrugada fria e eu sem sono...humm Resolvi abrir minha janela Debruçar nela e descansar A noite fria lá fora, silencia as vozes Só ouço o piar de algum passarinho inquieto Aí olho para o meu jardim e....... Começo a rir baixinho pois Nesse jardim TEM rosas amarelas em botão Rosas vermelhas apaixonadas Rosas brancas perfumadas TEM jasmim exalando seu cheiro suave TEM cravo tonto de amor Pela rosa mariquinha Que nem lhe dá atenção TEM flôr de estudante Copos de leite, maria senvergonha Muitas flores em botão E derepente, olho o céu E vejo a lua indo embora O dia raiando lá fora E eu na minha janela Debruçada, descansada..... sem sono Na tela da minha janela TEM sonhos TEM vozes dentro de mim. TEM essa vontade infinita de descrever Os sons da passarinhada, os namoros das flores no jadim O canto do sabiá E o amor explodindo em mim.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

PRIMAVERA

****** PRIMAVERA******

DEUS criou o céu e a terra com tudo que nela há.
Criou as 4 estações do ano, dando a cada uma sua beleza natural.
Saimos do tom cinza do inverno, para entrarmos nos tons multicoloridos da primavera.
Hoje, acordei com os pássaros em côro, livres e soltos nos seus espaços, felizes, voando de um lado para o outro, na sua natural agitação anunciando a nova estação - é primavera! O coral começou cedo as 5 da manhã. Em meio a cantoria levantei e fui  ver o porque de tanta alegria.
Vi o dia se abrindo lá fora, o sol  se levantando no horizonte, o céu azul e avermelhado, o vento leve nessa manhã feliz. Os campos verdes desabrochando seus botões........que maravilha!
Olhei meu pequeno jardim e observei minhas flôres, sendo levemente balanças pelo vento naquele momento.
Vi o beija-flôr beijando todas as flôres na sua natural delicadeza para não machucá-las.
Vi rosas côr de rosa, rosas vermelhas como carmim,rosas brancas, amarelas......vi lindas margaridas, cravo e lírios, violêtas, jasmim espalhando perfumes....dando a natureza um toque de magia e romantismo, de sedução, de sensualidade......natureza em flôr, exuberante e perfumada
Vi nos campos e montanhas o matizado dos ipês roxos e amarelos, brancos alguns, embelezando as matas verdes.
Natureza viva, pintada pelas mãos do mestre de artes universal chamado DEUS. Nós dando o direito de fazer artes com tanta beleza a volta, artes que podemos apenas imitar nas telas e painéis.
Primavera linda e exuberante que faz sonhar os poetas, que faz deslizar pincéis em telas misturando suas tintas na gostosa brincadeira de imitar tanta beleza.
Primavera dos namorados e enamorados, primavera do amor, primavera em flôr.....
Simplesmente primavera!