terça-feira, 12 de outubro de 2010

MEU AMIGO

MEU AMIGO

Ei, você ai,
É você mesmo,
É com você que eu quero falar,
Você  é tão bonito, tão jovem,
Tem um mundo diferente que você pode curtir,
Um futuro brilhante lhe espera,
Mas você, entrou num papo careta,
E pensa que é um papo cabeça.
Saí dessa meu amigo,
Não entra nessa minha amiga,
Não resolve, não viaja meu irmão,
É com a cabeça limpa que tem que pensar,
De coração aberto tudo enfrentar,
O mundo é um palco
Você é o ator
E cada um tem seu papel,
Na grande trama da encenação
Vê-se de tudo, e a pior delas
É essa aí que você experimentou,
Essa droga horrorosa, e sem sentido
Que destrói o corpo e a alma,
Que denigre sua imagem,
Que lhe afasta, de você mesmo.
É aí tomado por ela,
Que você não diz coisa com coisa,
Vive tendo ilusões, alucinações
Seu corpo fica fraco
Sua alma escravizada de tanto se drogar.
O que é isso meu irmão?
Sai dessa caretice cara,
Pula fora desse barco furado,
Que papo mais careta,
Agora vou pedir sua atenção
Tem um amigo papo bom,
Que quer salvar a sua vida
Tirar você dessa podridão,
Que você se meteu, mas
Você foi feito a uma imagem e semelhança,
Você foi feito para ser grande na terra,
O ser mais perfeito e interessante que há,
Você pode, você quer, então sai dessa,
Dê-me a sua mão
E vamos ter um encontro com Jesus,
Confie nele meu amigo,
Na sua força, na sua onipotência,
Ele é líder, sabe das coisas,
Está triste por você aí se acabando,
Na lama das drogas em geral,
Vem comigo, sou seu amigo,
O meu pai quer lhe salvar
Aceite enquanto é tempo
Enquanto há tempo,
Deus, tem uma missão para você
Ele lhe ama,
Pegue nas suas mãos e segue
Confia sua vida a Ele, só Êle vai lhe ajudar
Sai dessa meu irmão,
Não se drogue, não se mate, não se esqueça
Sua vida é preciosa
Desencante, desengane-se
Quebre as correntes que lhe prende
Saia do horror dessa prisão,
Diga não, sempre não,
NÃO AS DROGAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário