terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

SOU

SOU

Sou dona de muitos sabores
Sou mel se bem tratada
Sou fel se me aborreço
sou rosa em botão
Sou risos se estou feliz
Sou lágrimas se me ferem
Sou canto que encanta
Sou fenix que nasce das cinzas
Sou poeira que dá volta por cima e cai em pé
Sou árvore linda e frondosa
Sou marrenta se preciso
Sou amada amante numa alcova
Sou beleza de pessoa
Souuuuuuu..........vou sendo o que preciso ser.
Respondo de acordo com as situações
Sou vida...... sou feliz
sou mulher....... sou menina
Madura valorizada
Sou de DEUS
Sou mais eu...

SILÊNCIO TOTAL

Ouço a beira mar o barulho triste das ondas batendo e rebatendo nas areias da praia
Ouço o o som do vento que vem de longe e levanta meus cabelos
Arrepia minha pele, inflama minha alma
Meus olhos se perdem na imensidão desse azul do mar que se une ao azul do céu
Vejo o sol cintilando seu brilho nas águas ora calma ora agitada desse marzão
E tento ouvir o silencio total que toma conta da minha alma
Pois na beira do mar fico eu tentando ouvir sua voz
Que o vento indecente leva pra longe, malvado não me deixa ouvir
Silencio......... silencio....... total silencio........ que silencia sua voz
Que faz da minha esperança frangalhos
Pergunto ao sol..... olho pra lua a noite...... e só ouço o mar no seu chuaaa´... chuaaaá....
Saudades...... lembranças..... doces lembranças me fazem sorrir
E envolta neste silencio total, me afasto do mar,
Olho para o horizonte e silenciosamente me despeço
Como se lá no fim dele você estivesse.
Esteja onde estiver amigo viajante, boa viagém amado.
Que os anjos lhe protejam pois aqui fico eu no meu silêncio

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

PARTITURAS

Era noite de primavera
Eu e você aninhados num abraço gostoso ali na varanda 
A lua enchia o universo com seus raios que mais parecia um entardecer
A luz elétrica havia faltado já a horas
Meu amor é músico, e inundava o ambiente com seu som clássico
A luz de velas e até lamparinas........romanticamente ele tocava pra mim
Algumas partituras se espalhavam sobre a mesa que ele olhava feliz
Escolhendo o que tocar a mais.........seus olhos brilhavam felizes
Enquanto dedilhava sua flauta arrumando os sons
Eu silenciosamente me sentia lisonjeada com aquele presente
O presente de ouvir um som de amor, de amizade....... de esperança
Meu sorriso era de felicidade ali a luz de velas, só nós dois
A noite avançava e a lua côr de prata parecia saudar o som da flauta
Que o vento levava até ela carinhosamente nas suas asas
Éramos só nós dois ali naquele ambiente bucólico
Onde deixávamos imperar nossos sentimentos mas bonitos
A música embalava nosso amor, nossos toques.......nossos beijos
A luz de velas nos amávamos
A luz de velas sonhávamos felizes
E as partituras musicais completavam esse amor em nós.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

VIOLINOS

VIOLINOS
Passava eu pela rua e ouvi de longe um som
Era tão lindo, chamava-me a atenção aquele som meio triste
A medida que andava o som era mais nítido
E eu prestava atenção, consegui me aproximar e vi uma porta aberta
Já com aquele som bem perto de mim e entrei que nem cão sem dono
Entrei sim! E vi e ouvi uma linda orquestra de jovéns tocando seus instrumentos musicais
Me senti levitar diante dessa beleza musical, o silêncio era total
Só se ouvia as músicas clássicas ali tocadas
O ambiente parecia estar cheio de anjos, uma sensação de paz invadia o recinto
Num dado momento apenas um da orquestra se destacava com um belo solo ao violino
Todas as atenções eram voltadas para ele
Que abrilhantava o espaço, enchia de amor os corações
Os namorados enamorados suspiravam silenciosos
Seus olhares se cruzavam e de mãos dadas, apertavam-se
As canções invadiam as almas dos ouvintes
E eu ali inebriada com tamanha beleza e sutileza só observava
Bateu a saudade de alguem que mora no meu coração
Que também toca seus instrumentos com infinita beleza
O coração bate forte neste momento....., lembranças.... saudades
O som acorda meus sentimentos arquivados no baú chamado coração
Belo tocar desses jovéns........belos violinos com seu som romântico e saudosista
Belas músicas que encantam o viver de cada um de nós.
Só me resta neste delicado momento APLAUDIR E PARABENIZAR
Tantos talentos, tanta beleza.....belos sons ao violino.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

BEIJOS ALUCINANTES

A tarde seguia tranquila e o vento do mar soprava calmo
Caminhávamos de mão dadas pela orla da praia
Nossas mãos apertando uma a outra
Nossos olhos fuzilando nossas almas sedentas
Fomos pra casa, da sua varanda vê-se o Cristo redentor......lindo!
Ouvi um som vindo de dentro de casa, era você e sua flauta
Diante de mim tocava  brilhantemente, me sentia lisonjeada
Meu coração disparava neste momento único
E eu vivia cada momento como se fosse o último
Nos dois ali, o seu som carinhoso e os seus beijos alucinantes
Que me desmantelavam num todo, sem armas pra lutar
Só  restava me entregar a tanta paixão
Era inevitável resistir aqueles beijos alucinantes
Que  eu docemente correspondia
Apaixonadamente me deliciava com seus toques
As estrelas se curvavam diante de tanto amor
A lua envergonhada se escondia sob as núvens
chegava a ser indecente diante dos seus brilhos
E os beijos seguiam por toda a noite
Alucinados  debruçados sobre meu corpo sem fôrças
Como sair dessa luta voraz!
Não podia mais e nossa entrega era total
Beijos meus - beijos seus - incansáveis beijos
Alucinantes beijos!

AQUELE BEIJO

Me lembro daquela tarde no Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Eu e você descontraídos naquele belo bosque de mãos dadas
Sorriso aberto em nossos lábios, olhares cintilantes
Coração em perfeita sintonia, só nós dois ali e o bosque
O meu beijo você dizia ser inesquecível, doce como mel
O seu beijo fazia incendiar minha alma
Nossos corpos abraçados debaixo dos arabescos, das árvores.....das sombras
Momentos nossos, intransferíveis...... inesquecíveis
Aquele beijo prolongado debaixo das palmeiras
Sangue fervendo nas veias, desejos explodindo em nós
Vidas sedentas de amor e paixão
Lembranças lindas de belíssimos momentos
O tempo não volta mas o coração não esquece
Os dias passam, a saudade dói no peito
E aquele beijo ficou marcado pra sempre
Jamais esquecido....... jamais.......ah! Aquele beijo!

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

ASSIM NÃO QUERO

Seu mundo chamou minha atenção
Você mexeu com meu coração
E pra você, dei toda a minha atenção
Nos versos da minha canção
Seu mundo fechado então
Tentei abrir seu portão
Tentei adentrar no seu coração
Mexi com seus nervos
Mas no virtual você se fechou
Suas neuras bloquearam seu coração
Com tantos medos, você tremeu.....
Seus olhos marejaram de lágrimas
Faltou coragém então
Cantei um canto de amor
No canto derramei minha paixão
Nas palavras demonstrei meu amor
Tentei derrubar seus medos
Abri minhas cortinas
Rasguei meu coração de paixão
Estendi meus braços pra você
Abri meu sorriso e só falei de amor
Mas no virtual você se trancou
Seus fantasmas lhe prenderam
E de mim lhe afastaram
Na tela virtual você me imagina
Nas minhas fotos, você se ilumina
Sou sua princesa presa nessa tela
Eterno fruto da sua imaginação
Mundo virtual, imaginário
Prisão de um grande amor
Eternamente presa na tela
Seu amor, sua paixão
Apenas dentro da tela da net
Das fotos inertes dos álbuns
Mas desse jeito........hummm
Assim não quero.

SONHEI

SONHEI
Dormi tranquilamente na minha cama vermelha
Lençóis em branco e vermelho bordados.......
Convidativos........ sinalizando paixão......dormi.
No sono profundo sonhei.....me vi linda e sensual
Me vi numa noite enluarada, raios me partam!
Alguém adentra meu sonho e chega silencioso
Se apresenta trazendo consigo uma rosa carmim
Me entrega e me diz belas palavras......sinto-me leve nesse momento
A noite avança no clarão da lua cheia, no frescor que vem do mar
Estamos sozinhos na rua já vazia, EU e VOCÊ - VOCÊ e EU
Silêncio se faz entre nós, e ouço o som do vento e das ondas quebrando na areia
Olho para aquele homem ali na minha frente, me oferecendo aquela rosa
Aceito de bom grado, me sinto feliz até masssssssssss
Não consigo identificar seu rosto,
Me pergunto; Quem será! Quem é você! Que chega assim de mansinho!
Me desarma, me encanta....... desabrocha meus botões ainda adormecidos
Faz acelerar meu coração, desalinha meus nervos...... me deixa assim,,,,assim.....
Estou sonhando, é só um sonho......um lindo sonho massssssss
Quem será aquele homem menino mascarado me dando um rosa!
Um aviso talvez! Não sei..... sei lá..... não sei
foi só um sonho......que adorei sonhar.