sexta-feira, 31 de julho de 2015

TRANSPOSIÇÃO ___ ONTEM E HOJE

Já tentaram apagar meu sorriso
Já me fizeram chorar
Já tive dias nublados
Tentaram apagar os meus sonhos
Tentaram me acorrentar
Já vi meus caminhos com espinho
E assim nesta incessante caminhada
Com tantos percalços. .. segui.
Encontrei uma luz entrando no tunel
No tunel onde tentaram me apagar
Fui confiante na direção dessa luz
Reuni minhas forças e segui
Cheguei emfim... e entrei
Nessa luz onde o sol nunca apaga
Um vento suave acariciou meu rosto
Os raios de sol me banhava, esquentando-me
O passado e suas neuras ficaram pra trás
Um novo horizonte se descortina
E o relógio do tempo me diz...
É sua hora de ser feliz, vá em frente
Como guerreira desbrava seu caminho
O dono do universo me sorri
E me sinaliza sua presença comigo
E la vou euuu... ao encontro da felicidade
Vou viver e deixar vive


quinta-feira, 30 de julho de 2015

O SONHO DE UM POETA

Sou poeta sim senhor
Sou menino encantador
Sou moço sonhador
Sonho de olhos abertos
Guardando na minha retina
Sou moça, sou moço, sou amor
Pois o poeta é menino e menina
Nas entrelinhas desse escritor.
Poeta sonhador, que brinca com as palavras
Que ama sem ser amado e chora por seu amor
Ser amado ou não amado me deixa livre
Para aqui expressar o amor e o desamor
Me transformo e crio asas para assim me expor
E o sonho de um poeta e ver seus versos encantar
Pelas ruas e cidades moças e moços amar
Os versos que deixo aqui para se pensar
O sonho de um poeta é ser poeta sonhador
E desse jeito jeitoso conquistar corações
O sonho de um poeta mais que sonhador
É espalhar amor.


UM DIA QUEM SABE...

A vida é um laço de muitos nós, e nós vamos nos enredando nesses laços
Histórias que vamos construindo no passo a passo da vida
Me levanto com o sol me acordando e me levando pra fora da casa
Vejo os campos verdes balançando suas folhagéns,
Fecho os olhos e deixo-me levar pelas lembranças
Um dia talvez.... quem sabe eu posso voltar naquele lugar
Lugar onde nosso amor começou...... ah! Quantas saudades....
Quantas lembranças..... um dia talvez eu reveja este amor que não morreu
E enquanto este dia não vem... fico aqui vendo os lugares por onde passeamos
Por onde ele anda! Como está! Tanto tempooo... e eu sem tempo agora
O sol avança pelos campos e esquenta meu corpo, o vento desalinha meus cabelos
Olho o horizonte e as núvens parecem tomar a forma desse amor encantado
consigo ver seu sorriso.... uma miragém...
Um dia talvez eu reveja esse amor
Um dia talvez
Um dia quem sabe!

HOJE SOMENTE

Hoje eu falei pra paredes, coisas do meu coração....
Abri minha alma. e fiquei calma
dentro do meu interior....
Botei pra fora as ângustias. falei do meu grande amor
Acalma a alma, desaguam as mágoas
Que me desanimavam a esperança
Mas quando vi o sol me trazendo sua luz
meu coração se animou e meu sorriso se abriu
Hoje desabafei no meu canto.
Sem medos e vergonhas me expus
E Deus em silencio me ouviu
E hoje, somente hoje depois de tudo
O coração mais forte batendo
Deus me iluminou e mandou
Prossiga menina que a felicidade já vem
Deixa a tristeza de lado
Vida a vida e seja feliz.