sexta-feira, 8 de novembro de 2013

PAIXÃO

Um olhar maneiro Mal intencionado Olha pra mim E eu olho também Me diz coisas loucas Me fala de amor Me pega , me envolve Me beija e me deixa Sem armas, me amarra Me leva pra cama Se entrega Me entrego Me mostra as estrelas Me joga no chão Diz que me ama Num grito de dor De prazer que emana De dentro de nós Me deixa sem forças Me deixa sem ar Me aperta e me toma Tirando-me a roupa Me deixa em brasas Como das matas Vulcão que explode Larvas que escorrem Dessa paixão

Nenhum comentário:

Postar um comentário