sexta-feira, 15 de novembro de 2013

AO POETA - DEUS

Salmo 23 diz; - O senhor é meu pastor e nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso; Refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam. Preparas-me uma mesa na presença dos meus adversários, unges-me com óleo; O meu cálice transborda. Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; E habitarei na casa do senhor para todo o sempre. ________ Observe caro leitor a beleza dessa poesia, quando Deus na sua infinita bondade para conosco, se dispôe para nós. Quando o salmista Davi diz, AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL NENHUM. Ele aí se entrega nas mãos seguras desse DEUS magnífico que nos socorre quando o procuramos de coração aberto e confiante nele. Ele nos dá a segurança de que ele é quem nos guarda e nos livra de todo mal, e mesmo que sejamos assolados pelo mal, ele nos levanta, e caminha conosco. Mesmo não merecendo nada, ele está presente nas nossas vidas, ele é médico, psicólogo..amigo e nos ama incondicionalmente. DEUS TEM QUE VIR EM PRIMEIRO LUGAR NA NOSSA VIDA. Sem ele nada fazemos, simplesmente sucumbimos nos labirintos da vida e sem resposta se chega ao suicídio. EU digo sempre que; - Senhor tu és o meu Deus, autor da minha fé, dono da minha vida, tu me sondas, tu me conheces desde o ventre de minha mãe, somente peço senhor CUIDA DE MIM. O SENHOR É MEU E EU SOU TUA SENHOR. Minha felicidade depende de ti, meu existir é pela sua graça, a ti devo tudo e mais um pouco........CUIDA DESSA SUA SERVA. AMEM!

Nenhum comentário:

Postar um comentário