terça-feira, 27 de maio de 2014

O SILENCIO DO MAR

 sol brilha forte lançando sobre nós seus raios de ouro
O dia amanhece nesse planeta acordando seus viventes
A orquestra da passarinhada nas árvores me faz sorrir
O céu azul sinaliza a casa do dono do universo em desencanto
O EU SOU - DEUS, nunca dorme e de plantão permanente vigia sua casa
Se prestarmos atenção vamos ouvir a voz de DEUS
Resolvo abrir as janelas e portas e sair por aí sem rumo certo
Quando percebo estou de frente para o mar
ainda é cedo, resolvo apenas ouvir o som que vem do mar
O silêncio do mar toca meu coração
Me ponho a pensar nessa imensidão azul cheio de vida
O mar, onde eu e você desaguamos nele nossas alegrias
Onde mergulhamos não apenas o corpo no frescor de suas águas
Onde em silêncio derramamos nossas lamúrias, nossas dores de alma
Onde lavamos a alma que chega chorosa
Esse mar que ouve e guarda segrêdos
Ah! Se esse mar dissesse uma só palavra!
Quantas histórias de amor e ódio
Quantos segredos ele tem!
Silencioso ele toma tudo e lança nas profundezas
No seu silencio ele nos toca o coração num sinal
Que podemos confiar
Nossas lágrimas salgadas se misturam as dele
Nossos sorrisos se confundem com suas batidas na areia
E nele vemos as mãos de Deus atuando, porque ele é vida
Extasiada com tanta beleza agradeço a Deus por poder contemplar tudo isto
Junto ao mar o meu silencio e o silencio do mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário