terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

SILÊNCIO TOTAL

Ouço a beira mar o barulho triste das ondas batendo e rebatendo nas areias da praia
Ouço o o som do vento que vem de longe e levanta meus cabelos
Arrepia minha pele, inflama minha alma
Meus olhos se perdem na imensidão desse azul do mar que se une ao azul do céu
Vejo o sol cintilando seu brilho nas águas ora calma ora agitada desse marzão
E tento ouvir o silencio total que toma conta da minha alma
Pois na beira do mar fico eu tentando ouvir sua voz
Que o vento indecente leva pra longe, malvado não me deixa ouvir
Silencio......... silencio....... total silencio........ que silencia sua voz
Que faz da minha esperança frangalhos
Pergunto ao sol..... olho pra lua a noite...... e só ouço o mar no seu chuaaa´... chuaaaá....
Saudades...... lembranças..... doces lembranças me fazem sorrir
E envolta neste silencio total, me afasto do mar,
Olho para o horizonte e silenciosamente me despeço
Como se lá no fim dele você estivesse.
Esteja onde estiver amigo viajante, boa viagém amado.
Que os anjos lhe protejam pois aqui fico eu no meu silêncio

Nenhum comentário:

Postar um comentário