terça-feira, 8 de abril de 2014

SOL DE SOL

Resolvi ver o dia amanhecer na beira da praia
Saudades me levaram a passos lentos e cheguei a praia
A cidade começa a despertar, e eu ali no calçadão descalça
De frente para o mar, aí sento-me na areia e vejo alguns pássaros 
Fazendo festa nessa manhã de sol e de saudades de sol
Lá longe lá vem ele despontando, tímido como quem nada quer
Em doses homeopáticas dessa manhã fresca ele vem de lá
E eu de cá brindo o seu nascer glaumoroso e o coração bate forte
Seus raios dourados começam a se misturar com as águas calmas
Ondas tranquilas dando ao cenário natureza seus tons de prata e dourado
O azul do mar fica prateado quando as ondas vem de lá ao encontro da praia
E eu sentada ali na areia, com saudades de alguém, que nem sei onda anda
Talvez no meio de algum jardim, perdido de amor por elas.....
E eu continuo ali deslumbrada com aquele sol, que me lança um raio dourado
Saudades que batem no coração e aquele sol me dizzzzzzz.........uauuuuuuuuu...
Pegue esse raio de mim, e vai ser feliz
Esquecer o amor que não lhe quiz
Abrir seu coração para outro amor que lhe queira bem.
Que esse raio de sol, meu sol se espalhe dentro da sua alma
Iluminando seus passos por onda passar
Comecei a andar e andar na beira do mar
E o belíssimo sol desse dia me deu lições
Meu sorriso se abriu e esperançosa enviei beijos pra ele
Agradeci a Deus por tanta beleza e força
E segui o sol da minha vida
E decidi ser feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário