sexta-feira, 7 de março de 2014

AQUELE POETA- MEU POETA

Nas minhas andanças encontrei poetando lindamente
Um moço de além mar, com seus belos olhos verdes, tentando me conquistar
Aquele poeta me disse que seu coração já é meu
Me chamou de poetisa, menina morena que morenou seu coração
Abri meu sorriso e olhei aquele poeta  me enviando beijos
Dizendo que vem me buscar.
Meu coração  bateu forte, e fiquei sem nada dizer
Apenas olhei nos seus olhos e vi o amor nascer
Dois  poetas poetando, coisas  que diz o coração
Declarações lindas, que só o amor pode dizer
Meu coração exultante, pula qual uma criança
Se nos seus braços me escondo lhe roubando um beijo
E o poeta feliz, me abraça apertado
Correspondendo o beijo roubado
Aquele poeta nas entrelinhas 
Se tornou o meu poeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário