quinta-feira, 30 de julho de 2015

UM DIA QUEM SABE...

A vida é um laço de muitos nós, e nós vamos nos enredando nesses laços
Histórias que vamos construindo no passo a passo da vida
Me levanto com o sol me acordando e me levando pra fora da casa
Vejo os campos verdes balançando suas folhagéns,
Fecho os olhos e deixo-me levar pelas lembranças
Um dia talvez.... quem sabe eu posso voltar naquele lugar
Lugar onde nosso amor começou...... ah! Quantas saudades....
Quantas lembranças..... um dia talvez eu reveja este amor que não morreu
E enquanto este dia não vem... fico aqui vendo os lugares por onde passeamos
Por onde ele anda! Como está! Tanto tempooo... e eu sem tempo agora
O sol avança pelos campos e esquenta meu corpo, o vento desalinha meus cabelos
Olho o horizonte e as núvens parecem tomar a forma desse amor encantado
consigo ver seu sorriso.... uma miragém...
Um dia talvez eu reveja esse amor
Um dia talvez
Um dia quem sabe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário